Read-Replica no Azure SQL Database

Read-Replica no Azure SQL Database

1 de outubro de 2021 Off Por Rodrigo Crespi

Algumas empresas recentemente contataram a CrespiDB para ter uma replica de leitura ou um modelo de DR para os bancos de dados que estão no Azure.

É importante compreender que o Azure Database é uma camada que incluí: SQL Data Warehouse, SQL Database, PostgreSQL, MySQL e MariaDB.

Por ser uma camada, todos esses SGBDs estão dentro dos três pilares: Inteligente, Flexível e Confiável.
Logo todas as features desta camada estão disponíveis para o conjunto de SGBDs desde que a engine do mesmo permita. Logicamente que algum SGBD poderá tirar vantagem de alguma feature dentro da camada, mas no geral todos estão em igual condições de infra/arquitetura.

No geral, isso garante que a mesma estrutura de scaling ou de seguranças seja aplicada para todos os SGBDs.

OK, mas … E a réplica de leitura?
Esta é uma feature muito importante que tanto pode ser utilizada para ter uma cópia redundante do banco de dados quanto para disponibilizar uma cópia de leitura.

Abaixo segue um pequeno how-to utilizando utilizando o Azure SQL Dadatabase.
Compartilhamos um cenário bem simples onde temos um Resource Group chamado sqldb com um SQL Server chamado sqldbcrespi e um banco de dados sqldb ambos no East US.
A ideia é criar uma replica read-only no South Brazil.

Nesse momento, basta selecionar o banco de dados e geo-replication.
Depois de selecionar Brazil South basta preencher o servidor de destino.

Screen Recording 2020-08-05 at 01.34.14.gif

A partir deste momento no Grupo de Recursos aparecerá um novo servidor, no caso sqldbcrespi2 localizado no Brasil, com o banco de dados sqldb no modo read-only.
Neste local é possível configurar o sizing, capturar a string de conexão, etc. Fato que você poderá redirecionar aquela conexão do Power BI sem causar locks no servidor on-line.

Até a próxima postagem! 🙂